..:: Inside Your Game ::..





26 de nov de 2009

Jason Kidd quebra mais um recorde.

E Jason Kidd continua arrasador nessa temporada, sempre com partidas consistentes o armador conseguiu quebrar mais uma marca, em sua carreira e na história da NBA.

Desde ontem, contra o Hockets, o armador conquistou o feito de ser o segundo jogador com mais assistencias na história da NBA, o lance foi obtido numa linda ponte aérea que foi concluída por Rodrigue Beaubois.


Kidd passou Mark Jackson, e agora vai a luta do primeiro lugar, mas a dificuldade é imensa. Kidd tem atualmente 10.337 assistências, já John Stockton, ex-armador que está na primeira colocação, tem 15.806.

E eu um dia já ousei dizer que o Kidd estava velho...

- Posted by Leitzke.

24 de nov de 2009

NBA.com pergunta:

Qual a melhor performance individual em Playoffs da década?
A resposta é você quem dá, atráves do NBA.com.

1 - Allen Iverson / 2001 NBA Finals (Game 1): Allen Iverson e seus 48 pontos sobre o Lakers.

2 - Shaquille O'neal / 2001 NBA Finals (Game 2): Shaq e seu quase quadruple-double, com 28 pts, 20 rebs, 9 asst e 8 blocks.

3 - Tim Duncan / 2003 NBA Finals (Game 6): Duncan não ficou atrás e tambem quase fez q-double com 21 pts, 20 rbs, 10 ast e 8 blocks.

4 - Kevin Garnett / 2004 West Semis (Game 7): KG faz 32 pts e 21 rebs.

5 - Dwyane Wade / 2006 NBA Finals (Game 6): Wade e seus 42 pontos.

6 - LeBron James / 2007 East Finals (Game 5): LeBron faz 48 pontos, incluindo os 25 últimos pontos do Cleveland na partida.

Para votar é só clicar aqui , e você será redirecionado para o site da NBA onde está a enquete.
O resultado será no All-Star Weekend.

No link também há um vídeo dos comentaristas da TNT falando sobre a votação, com lances de cada uma dessas partidas.

- Posted by Leitzke

23 de nov de 2009

Tracy McGrady de volta em breve ?






"Eu poderia jogar agora mesmo"
- é o que afirma o armador do Houston Rockets, ainda na sexta feira, diante do jogo contra o Hawks


Mas querer não é poder pra ele nesse momento, a decisão se passa pelas mãos do técnico Rick Adelman. "Nós temos opiniões divergentes. Ele quer jogar, mas ainda não está pronto”, a decisão é tratada assim, com cautela, porque o problema do joelho já vem atrapalhando ele durante duas temporadas.

Apoio a decisão dos Rockets, é melhor nesse momento esperar e ter certeza que o problema vai ser tratado quase que definitivamente, do que por algum desastre, ele se machucar de novo. O próximo passo do armador será realizar exames que serão feitos nessa segunda feira (23), pra definir completemante a situação do jogador.











- Posted by Leitzke.

22 de nov de 2009

Presente espinhoso, futuro glorioso.


É triste, muito triste, ver um time com tantas jovens promessas como o New Jersey Nets se dar tão mal no campeonato. Brook Lopez, que foi o segundo melhor novato da temporada passada, Courtney Lee que foi peça vital para o vice-campeonato do Orlando Magic e Chris Douglas-Roberts, segundo-anista que está com melhores médias de pontuação que o Rookie of the Year Derrick Rose. E sem contar o All-Star Devin Harris, um dos armadores mais explosivos da NBA.

E vendo no banco bons jogadores como Rafer Alston, Eduardo Najera e o ótimo novato Terrence Williams, é frustrante ver que esse time ainda não venceu nenhum jogo.

Devin Harris está voltando depois de perder 10 jogos devido a uma lesão no pulso. Isso inspira o time, não só por Harris ser o melhor jogador do time, mas sim por ser o armador do time. Essa sequência de jogos do Nets determinará o quão bom o Nets, e Harris, serão.

O pior início da história da NBA foi do Miami Heat. Em sua temporada de estréia, em 1988, o Heat começou a temporada com 17 derrotas consecutivas. Para evitar chegar, ou até mesmo piorar esse recorde, o Nets precisa vencer um jogo nos próximos quatro. É uma tarefa extremamente difícil, já que as três próximas partidas serão fora de casa, contra o Nuggets, Blazers, Kings e Lakers. O décimo-oitavo (18) jogo é contra o Mavericks, em New Jersey.

Depois de ver o fraco e desfalcado New Orleans Hornets vencer os times com melhores recordes na liga (na sequência: Phoenix na quinta-feira, 19, e o Atlanta neste sábado, 21.), vimos que tudo é possível.

No próximo verão, período dos free agents mais badalados estarem no mercado, o Nets vai liberar cerca de 26 milhões de dólares para trazer algum (ou alguns) jogadores de renome. E o mais importante, as peças importantes do elenco ainda vão estar sob contrato. Sem contar que o Nets tem tudo pra se dar mal na temporada e pegar um ou dois novatos com potencial no Draft do próximo ano.

Mesmo com todo esse futuro, o que importa é o presente. E o hoje, amigos, não é nada bom para os torcedores do Nets.

Então uma pergunta vem à tona: o quão ruim é esse time do Nets?
A resposta é: não tão ruim como a maioria acha.
Existem vários talentos no elenco e eles se esforçam nos treinos, mas esses talentos são extremamente novos. Falta de experiência pode causar problemas nessa liga. O "0-13" está aí para provar isso.

Eles podem se tornar o recorde de pior início na temporada após esses jogos, ou não, mas existem peças para os torcedores ficarem otimistas num futuro próximo.
Acreditem, existem.


-Postado por Pierrot

21 de nov de 2009

Hawks, alçando maiores vôos...

Quem está com o melhor recorde da NBA? O sempre forte Los Angeles Lakers com Kobe & Cia? O Boston Celtics com seu esquadrão de estrelas? O Cavaliers com o melhor jogador da NBA no momento, LeBron James? Ou seria o Orlando Magic com o "duo" Dwight Howard e Vince Carter? Nenhum deles... quem domina a NBA no momento é o surpreendente Atlanta Hawks! Vamos falar um pouco sobre esse time!


Como que o Atlanta Hawks está com o melhor recorde da NBA, na frente de todos esse fortíssimos times já citados?
Se relembrarmos os 2 anos anteriores, veremos que O Hawks dificultou a vida do Celtics na primeira fase dos Playoffs de 2008, levando a série para o último jogo contra o futuro campeão de 2008. Já em 2009, o Hawks sofreu para derrotar o Miami Heat por 4-3 na primeira fase. Logo depois foi eliminado pelo forte Cavaliers, do MVP da temporada, Lebron James. Nota-se uma frequente melhora no Hawks com o passar do tempo.

Quem observa bem a base do Atlanta Hawks talvez não fique surpreso com esse início de temporada, vamos checar dois motivos pelo qual o Hawks surpreende essa temporada:

1 - Evolução dos principais Jogadores do Hawks.

a) Josh Smith:


Futuro All-Star, Josh Smith está jogando demais essa temporada. Apesar de ainda precisar evoluir em relação aos Jumpshots, Smith mostrou uma melhora em seus números de Rebotes, Assistências, Blocks e Steals. Se ele continuar focado em sua defesa e permanecer explosivo nos Dunks e Fastbreaks ele será um fator diferencial no Hawks.

PPG: 15.7
RPG: 9.2
APG: 4.1
SPG: 1.6
BPG: 2.6

Acerta 55% dos arremessos de quadra.

b) Joe Johnson:


O "faz-tudo" do time. Ele pontua, marca, lidera... Johnson é o jogador mais imporante do Hawks no momento. Ele também vem de uma melhora em em pontos e rebotes, mesmo jogando menos minutos que a temporada passada. Jogador indispensável no sistema do Hawks, já que pode atuar em várias posições (PG, SG, SF...).

PPG: 23,6
RPG: 5.3
APG: 4.7
SPG: 0.8

Acerta 46% dos aremessos de quadra e 87% dos lances-livres.

c) Mike Bibby:


Um líder nato. O armador Mike Bibby já tem muita experiência na NBA e prova isso todo dia comandando o time com maestria. Ele é o jogador que todo técnico gosta, já que leva a bola pro ataque como PG e pode finalizar como um SG (Bibby arremessa muito bem de 3 pontos).

PPG: 10.7
RPG: 3.1
APG: 4.2
SPG: 0.8

Acerta 41% dos arremessos de 3 pontos e 88% dos lances livres.

d) Al Horford e Marvin Williams


Al Horford, pivô titular do Hawks, é uma peça fundamental no time tanto na defesa quanto no ataque. Ele está com um double-double de média (14 pts e 10 rebotes). Isso tudo com somente 23 anos. Horford irá evoluir demais e se tornar uma força na NBA com o tempo.

O ala Marvin Williams (10 pontos, 5 rebotes), segunda escolha do Draft de 2005, é outro jogador importante. Ele sabe chutar de 3 e infiltrar muito bem, além de ser um bom reboteiro e marcar bem. Com também 23 anos, Williams tem seus números na temporada reduzidos ligeiramente, mas tem tudo pra dar a volta por cima e aumentar os números da temporada passada.

2 - Chegada de Jamal Crawford e outros jogadores


Jamal Crawford, adquirido praticamente de graça (trocado por Acie Law e Speedy Claxton, que foram para Golden State em Junho), deu ao Hawks um scorer nato. Crawford, que esteve no NY Knicks em seu auge, chegou a ter médias de 20 pontos, 5 assists e 3 rebotes na temporada 2007-2008. Em Atlanta, Crawford está com médias de 16,5pts, 2 rebotes e quase 3 assists por jogo.

Outras chegadas importantes foram de Joe Smith, veterano que foi primeira escolha do draft (1995) e o armador novato Jeff Teague, que veio de Wake Forest (mesma universidade de Chris Paul) como a 19ª escolha no Draft de 2009.

Smith está com médias de 3 pontos e quase 3 rebotes em apenas 8 minutos de jogo. Teague, em 10 minutos de jogo, tem médias de 3 pontos, 2 assists e 1 rebote. Com o tempo, Teague vai conhecer o sistema da NBA e quando se adaptar, será um ótimo jogador.

Vale notar que a permanência do xodó da torcida Zaza Pachulia (5 pts e 3 rebotes) e do ala-armador Maurice Evans (5 pts) são essenciais para a rotação do banco.

~

Com esse jovem núcleo rodeado de jogadores experientes (Bibby, Johnson, Crawford...) o Hawks tem tudo pra ir mais longe nos playoffs desse ano, e, por que não, sonhar com o título.
Grande abraço!

- Postado por Pierrot.

18 de nov de 2009

Magic passa pelo Thunder.

Orlando Magic 108 x 94 Oklahoma City Thunder


O atual vice-campeão da NBA, não desapontou e venceu em casa na noite dessa quarta (18) o Oklahoma City Thunder, que vem fazendo boa campanha.

E não pode se dizer que foi difícil, o time de Orlando veio pra cima desde o início e no final do primeiro tempo já vencia por confortáveis 61 a 43. Aí você pensa que eles voltariam pro terceiro quarto mais relaxados né, apenas pra controlar a partida, também pensei assim mas o que vi foi o Magic disparar ainda mais, colocando 30 pontos de diferença e liquidando com o jogo.
No ultimo quarto era apenas a hora de se utilizar os reservas, e a diferença caiu, mas nada que assustasse a 9ª vitória do Magic.


E o destaque do time foi o ala Rashard Lewis, que por muito pouco não marcou um triple double, com 17 pontos, 10 assistencias e 9 rebotes. E o cestinha do Magic foi Vince Carter com 18 pontos.

Já pelo lado do Thunder, a derrota não deve tirar o ânimo da equipe, que mesmo jovem, vem conseguindo boas vitórias. Atualmente o OKC Thunder tem recorde de 6-6, estando em 7º na Western Conference. O destaque deles foi o reserva James Harden, terceira pick do Draft de 2009, que saiu do banco pra anotar 24 pontos e ser o cestinha da partida.

Destaques:

Magic:
Richard Lewis: 17 pts, 10 ast, 9 rebs.
Vince Carter: 18 pts, 2 blocks, 6 rebs.
Dwight Howard: 11 pts, 1 block, 10 rebs.

Thunder
James Harden: 24 pts, 3 rebs, 3 ast.
J. Green: 11 pts, 5 rebs, 2 ast.
R.Westbrook: 10 pts, 2 rebs, 3 ast.

- Posted by Leitzke.

Mutombo é eleito embaixador mundial da NBA.

E o escolhido pro cargo de embaixador mundial da NBA ficou com Dikembe Mutombo, o ex-jogador da NBA foi escolhido graças aos vários trabalhos comunitários por ele realizados.


O ex-pivô já fundou um hospital e um centro de pesquisas em seu país natal, a República Democrática do Congo, e graças a esses trabalhos, já recebeu duas vezes o prêmio J. Walter Kennedy, que é dado justamente a jogadores da NBA que mais se destacam em termos de questões humanitárias durante o ano.

Como jogador, a trajétoria de Mutombo é grande, ele foi profissional durante 18 anos, defendeu: Nuggets, Hawks, Sixers, Nets, Knicks e Rockets, ganhou o prémio do melhor jogador defensivo do ano por quatro vezes, foi oito vezes escolhido para o All Star Games, e teve como médias 9.8 ppg, 10.3 rebotes e 2.7 blocks, em incríveis 1.196 partidas.

- Posted by Leitzke.